Mudanças psicológicas na gestante

Mudanças psicológicas na gestante

Toda mulher é um universo de desejos, aspirações e sentimentos e seu parceiro tem a obrigação de compreendê-la e ajudá-la. A gravidez, por si só, é o laboratório de uma nova vida e esse delicado processo faz com que os pais desempenhem outros papéis e responsabilidades. Surgem novas necessidades e é o momento de realizar adaptações. As alterações emocionais durante a gravidez são normais mas devem ser sempre controladas.

Durante a gravidez, a mulher está sujeita a mudanças hormonais, metabólicas e psicológicas; a essa fase geralmente se associa uma sensação de fragilidade, de preocupação e principalmente de responsabilidade, quando a futura mamãe se pergunta se ela dará conta de tudo e se tudo dará certo.

Ao longo desse delicado processo, é preciso da ajuda e companhia de todos, especialmente do esposo, dos pais e das amigas, para não se sentir amedrontada, insegura ou até mesmo deprimida. A gestante tem altos e baixos, alterna momentos de felicidade e repentes de tristeza, angústia, como se a cabeça fosse dar um nó. Quando a gestante se vê sozinha em diversas situações, entra num processo gradual de depressão. Muitas dificuldades surgirão mas com o apoio de todos, a gestante saberá enfrentá-las e superá-las; nunca deve-se tecer comentários impróprios na presença da gestante.

O pai do bebê deverá ser participativo durante a gravidez de sua companheira e acompanhar de perto todo o pré-natal. O médico irá orientá-lo quanto ao seu comportamento nas diversas fases da gravidez e na hora do parto.

A presença e compreensão do pai nesta fase é fundamental. Ele deverá estar presente a todo momento, do início ao fim do pré-natal e principalmente após o nascimento do bebê. O pai deve ser sempre romântico, carinhoso, companheiro e muito, muito compreensivo. Deverá ajudar a todo momento sua companheira, tanto nas tarefas do lar, nas compras, nas sugestões do dia-a-dia e até no momento em que a mamãe vai se vestir.

O momento mais importante do companheirismo é após o parto aonde a mamãe necessita muito de ajuda. Ele deve compreender o quanto é difícil cuidar de tudo e principalmente do bebê.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.