Parto Humanizado

Parto Humanizado

Devemos deixar bem esclarecido que o Parto Humanizado, não é uma classificação de tipos de parto e sim um processo de orientação e seguimento no momento do nascimento.

Devemos tornar este processo cada vez mais humano, cada vez mais consciente de um processo instrutivo e natural, sem interferência ou por meio de uma conduta mecânica de um formato único.

Deve-se ter um olhar atento na prática da assistência ao parto, no processo fisiológico do parto, na saúde física e emocional da mãe e do bebe e não simplesmente uma intervenção técnica ou cirúrgica.

Devemos ter um olhar atento evoluídos no momento do parto, que revelam novos horizontes e a grande importância para mãe e filho de vivenciar integralmente a experiência do parto natural.

O processo do nascimento, da passagem para a vida de adolescente até a fase de vida da mulher adulta, a descoberta de uma gravidez, o momento do parto, da dor, do nascimento, da superação, até o final da existência, devem ser considerados e respeitados no transcorrer de uma gravidez até o momento do parto.

Viver o processo natural e humano, envolve dor, incômodo, conflito e medo, mas estes são os caminhos para a transição, crescimento e amadurecimento humano.

A gestação e o parto são eventos fisiológicos, então, cabe ao profissional da saúde acompanhar o processo de maneira o mais natural possível, sem intervenção e sim aperfeiçoamento.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.